Festival de Cannes 2015 | Dheepan é o grande vencedor

Festival de Cannes 2015 | Dheepan é o grande vencedor

Chegou ao fim o Festival de Cannes 2015! no último domingo, dia 24, o filme Dheepan, do francês Jacques Audiard (O Profeta), recebeu a Palma de Ouro da 68ª edição. Comandado pelos irmãos Joel e Ethan Coen (Fargo), o júri surpreendeu ao deixar de lado os cotado, Mia MadreYouth e Mountains May Depart.

Dheepan

O ganhador da noite conta a história de um ex-guerrilheiro dos Tigres de Libertação do Eelam Tâmil do Sri Lanka que chega à França com um passaporte falso acompanhado por uma jovem e uma menina que se passam por sua família. Depois de receber asilo político, ele encontra um trabalho de porteiro em um gueto, reduto de imigrantes, de exclusão e de pobreza. Dheepan, interpretado por Jesuthasan Antonythasan, tenta construir uma vida familiar com essas duas desconhecidas.

Para o diretor francês o que mais lhe interessava nessa história era a “falsa família” que pouco a pouco vai se transformando em uma família de verdade, à medida que os três personagens aprendem a se conhecer, a se respeitar e a se amar. “Me pareço em cerca de 50% a esse personagem”, explicou Jacques Audiard, segundo a France Presse, que se envolveu na guerrilha independentista aos 16 anos, aos 19 fugiu para a Tailândia e quatro anos depois, em 1993, chegou à França.

Cannes2015

Confira a relação completa dos premiados abaixo:

Palma de Ouro
Dheepan 

Grande Prêmio do Júri
Saul Fia (Son of Saul), do húngaro Laszlo Nemes.

Melhor Direção
O taiwanês Hou Hsiao-Hsien, por The Assassin.

Melhor Ator
O francês Vincent Lindon, por La Loi du Marché (A Lei do Mercado).

Melhor Atriz
A norte-americana Rooney Mara, por Carol, e a francesa Emmanuelle Bercot, por Mon Roi.

Melhor Roteiro
Chronic, do mexicano Michel Franco.

Prêmio do Júri
The Lobster, do grego Yorgos Lanthimos, e protagonizado por Colin Farrell (Miss Julie).

Prêmio Camera d’Or
La Tierra y la Sombra, do colombiano César Acevedo. Láurea concedida ao melhor filme de um diretor estreante no Festival de Cannes.

Palma de Ouro de Curta-metragem
Waves 98, do diretor libanês Ely Dagher.

Share this: